Materiais disruptivos à reciclagem de PET - os danos que as más escolhas causam no processo

Milena Parnigoni
Ecoibéria

Como devemos encarar o material plástico? E que desafios tem Portugal para cumprir as suas metas de reciclagem até 2025? Quais as medidas essenciais para garantir este cumprimento? As respostas a estas questões podem ser ouvidas aqui.

Com Elga Almeida, Responsável de Materiais da SPV


Foto Moderador
Milena Parnigoni
Ecoibéria

Em 2005, quando se mudou da Itália para Portugal foi cofundadora da Ecoibéria, um gestor de resíduos, num pequeno armazém de 15 mt2.

Atualmente, a Ecoibéria SA é a maior recicladora de PET de Portugal, processando cerca de 45.000 toneladas de resíduos de PET todos os anos com um processo entre os mais avançados em Europa.

Como Gerente do Desenvolvimento Estratégico da empresa, ela recentemente cortou para si a posição que mais gosta neste mondo da reciclagem dos plásticos: ver "o que vem a seguir".  Projetos de I&D que ela lidera incluem a valorização dos subprodutos de reciclagem PET por injeção, processo circular Trays to Trays, BestFlakes to Preforms, Design4Recycling.

Foto Convidado
Elga Almeida
Responsável de Materiais da Sociedade Ponto Verde

Elga Almeida é licenciada em Engenharia Química pela Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa e é desde 2005 responsável pela Área de Materiais da Direção de Gestão de Resíduos da Sociedade Ponto Verde, coordenando as operações de reciclagem da responsabilidade desta Entidade Gestora. É Auditora Interna da SPV e desde 2018 é também responsável pelo Grupo de Prevenção de Resíduos da SPV.

Iniciou a sua carreira em 1993 na Área da Consultoria e Projetos como Consultora Externa na AutoEuropa nas Áreas da Melhoria Contínua, Comunicação e Desenvolvimento de Equipas, sendo Formadora Profissional de Desenvolvimento Pessoal e Gestão de Grupos em Formação e Auditorias Internas. Foi gestora de operações na Plastval S.A. (Fileira do Material Plástico do SIGRE) durante 6 anos até integrar a equipa SPV.

Reciclar é prevenir
e prevenir é inovar.